Comida e Gastronomia no Brasil

Por ser um país tão grande é quase impossível falar sobre a culinária brasileira. Ao contrário, ela pode ser classificada como a culinária de cinco regiões principais cada uma delas com suas próprias influências culturais e ingredientes locais. Conhecer a gastronomia local de cada uma das regiões é uma ótima maneira de ver como cada uma sofre influências históricas e têm desempenhado um papel na culinária brasileira. Talvez você encontre grandes chefes em restaurantes localizados próximo ao seu hotel no Brasil!

Um prato popular em todo o país é a feijoada, uma mistura de feijão preto, carne de porco e farofa, que tem sido o prato nacional do Brasil há mais de 300 anos!

O Guia Alimentar do Brasil dá indicações de culinárias populares nas cinco principais regiões do Brasil, bem como alguns antecedentes de sua história e as influências da culinária brasileira. Detalhes sobre jantares em cidades mais específicas, bem como restaurantes mais recomendados, podem ser encontrados acessando o nosso Guia Individual de Restaurantes em nossos locais de destinos. Outra opção para se interessar neste destino, é através do nosso Guia de Compras do Brasil, que dará detalhes sobre presentes e lembranças que você poderá se interessar.

Brasil Guia Alimentar

Norte: Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins

Esta área é conhecida como Amazônia, uma vez que incorpora uma parte considerável da floresta, bem como uma série de afluentes que deságuam no rio Amazonas. No sentido cultural, esta região é povoada em sua maioria por índios nativos, assim como muitas pessoas com misturas de ascendência indiana e portuguesa. Sua alimentação é composta, principalmente, de peixes e raízes vegetais, como amendoim, mandioca e inhame, assim como frutas tropicais. Picadinho de jacaré é uma refeição de carne de jacaré e é um prato popular.

Nordeste:
Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe

Consiste em um estreito e denso povoado de planícies costeiras em abundante precipitação. As planícies são chamadas de Região do Agreste uma zona expansiva e o Sertão um local semi-árido. Elas são compostas por grandes fazendas de gado e estas regiões têm bastante variedade em sua gastronomia. O clima da costa é excelente para o cultivo de produtos como o cacau e a cana de açúcar.

O estado da Bahia mostra sua influência Africana através de suas comidas e muito de seus pratos evoluíram a partir de experimentos com a plantação pela cozinha tradicional indiana. Os pratos africanos utilizam ingredientes locais dos portugueses. Mariscos e feijão são dois alimentos básicos na região.

Centro Oeste: Distrito Federal de Brasília, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul

Esta região é composta principalmente de planícies secas e abertas com áreas arborizadas no norte. O Pantanal é um dos mais famosos do mundo através de sua caça e pesca nas regiões. Lá encontram-se carnes, peixes, carne de porco, arroz, milho e soja. 

Sudoeste: Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo

Esta região é o coração econômico e industrial do Brasil. Ela abrange duas das maiores cidades, e também é o lar das melhores cozinhas do Brasil. A feijoada é um prato de cozido de carne com feijão, e é considerado o prato nacional do Brasil, suas origens são do Rio de Janeiro. O prato Virado à Paulista é especialmente o mais popular de São Paulo, e é composto de arroz, farinha, pasta de feijão, couve e costelas de porco.

A influência européia é muito forte, especialmente nesta região. Os imigrantes que chegam de Portugal, Alemanha, Itália, entre outros lugares têm contribuído através de sua culinária tradicional. Há também influências vindas do Oriente Médio e do Japão.

Sul: Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul


O Sul é a casa dos gaúchos e do cowboy brasileiro do pampa. Eles contribuem em sua culinária através das carnes de sol, carnes secas, o bom churrasco, uma variedade de alimentos frescos e carnes grelhadas.